quarta-feira, 19 de novembro de 2008

OEIRAS - COMÉRCIO LOCAL VIVE DIAS DIFÍCEIS

Ver edição completa Apesar da proximidade do Natal, comerciantes estão apreensivos com quebra nas vendas
Numa altura em que um estudo divulgou que as famílias portuguesas deverão moderar as suas compras na quadra natalícia e gastar este ano menos 4,8% do que em 2007, a Associação Comercial e Empresarial dos Concelhos de Oeiras e Amadora (ACECOA) está preocupada com as graves dificuldades que atravessa o comércio tradicional. "Temos sido muito procurados por comerciantes com graves problemas financeiros. Em Algés, por exemplo, das cerca de 400 lojas, quase que arrisco dizer que à volta de 10% correm o risco de fechar", alerta o presidente da associação, João Antunes. "Há pessoas com penhoras accionadas e, infelizmente, a única coisa que podemos fazer é dar apoio jurídico", acrescenta. Sem mais meios para ajudar, à associação apenas resta sensibilizar a população para que compre no comércio tradicional, ajudando a dinamizar os centros históricos.(...) (...) Continuação na página 8 do Jornal da Região da Oeiras 152, de 18 a 24 de Novembro de 2008

1 comentário:

António disse...

Pois é, a crise é só para uns, para os mais honestos, outros, como aqueles dos bancos, fogem com milhões, instalam-se bem na vida,penalizando o Estado e os cidadãos, e ficam a rir. Outros como o BPP na ganância do lucro fácil, deu-se mal com o negócio, agora, vai procurar a teta para mamar o dinheiro do Estado, o nosso dinheiro, mas para os pequenos comerciantes, o Paìs em que vivemos está em crise, é triste não é?