quarta-feira, 12 de novembro de 2008

ALMADA - BAIXA VIRA CENTRO COMERCIAL

Ver edição completa
Campanha promove lojas locais depois das obras Com a entrada em funcionamento da última fase, prevista, do Metro Sul do Tejo (MST) em Almada, o comércio no centro da cidade vai ganhar novo élan. Assim esperam comerciantes e a autarquia que têm na rua a campanha para o lançamento da marca que introduz um novo conceito de comércio local. “Finalmente” surge em cerca de meia centena de pontos publicitários da cidade e promove “Almada Centro Shopping e Lazer”. A ideia de criar um centro comercial ao ar livre partiu da Delegação de Almada da Associação de Comércio e Serviços do Distrito de Setúbal e foi apoiada pela autarquia que contratou o designar Henrique Cayatte para conceber o conceito, amarca, e a campanha de comunicação. A campanha vai aproveitar o arranque da época de Natal, tendo este ano a autarquia reforçado as iniciativas. Um investimento total que a presidente da Câmara, Maria Emília de Sousa, calcula, por alto, na ordem dos 700 mil euros, mas que admite poderem ser recuperados através de apoios. Assim, com a inauguração do MST marcada para o próximo dia 26, os comerciantes contam que o centro da cidade ganhe nova vida. “Com o metro o comércio vai ter êxito”, afirma o presidente da delegação de Almada da ACSDS. Luís Henriques lembra que os comerciantes “passaram por comércio local afectado pelas obras do metro. “Reunimos com os deputados de todos os grupos uma crise, mas não são pessoas para virarem as costas”. Só lamenta que o Governo não tenha atendido, ainda, ao pedido de 12,5 milhões de euros feito pela associação para ressarcir oparlamentares e dissemos que os comerciantes precisavam de ajuda financeira para atenuar os prejuízos causados pelas obras, mas ainda não obtivemos resposta”... (...) Continuação na página 8 do Jornal da Região da Almada 151, de 11 a 17 de Novembro de 2008

1 comentário:

António disse...

As fotos valem o que valem, no entanto, esta é harmoniosa, bonita e mostra um local bem tratado.
É disto mesmo, que estou preparado para ver publicado no JR,no dia 25 relativamente ao grande desenvolvimento da minha Freguesia (S.Pedro de Penaferrim)como estará bonito o Barrunchal, Ranholas, Abrunheira, Manique, até o Linhó vejam bem, e Vale de Porcas, Vale de Flores. Poder encontrar a transformação e perceber a diferença entre o prometido e concretizado, é só por si bonito.