sexta-feira, 19 de setembro de 2008

METRO SUL DO TEJO

Ver edição completa
Moradores reforçam queixas sobre ruído O Metro Sul do Tejo (MST) começa a funcionar na totalidade a partir de 27 de Novembro. A partir dessa altura, passam a funcionar as três linhas: Cacilhas-Corroios, Pragal-Corroios eCacilhas-Universidade. Apesar de as obras estarem numa fase final, redobram-se as críticas dos almadenses, relacionadas com o ruído do Metro nas linhas já em funcionamento, com os parques de estacionamento, ou com as recentes alterações de trânsito para adaptar a cidade à circulação do MST. Até ao fim de Setembro, deverão ficar concluídas as obras rodoviárias, e, até ao fim e Novembro, os arranjos exteriores, revelou Marco Aurélio, chefe da equipa de missão do MST, durante o último Fórum de Participação do MST antes da conclusão das obras, que decorreu na terça-feira à noite. Já na próxima semana, vão começar os testes na linha central de Almada, seguindo, como habitualmente, três fases: ensaios em vazio, com os veículos a cumprir horários e, uma semana antes,emexploração sem passageiros. O engenheiro avançou também que os horários do MST vão ter início mais cedo, a partir das 05h15, terminando à 01h00. Neste momento, estão a funcionar 12 veículos e vão entrar em funcionamento mais 12, de cinco em cinco minutos durante as horas de ponta e de 10 em 10 nas restantes. “Daqui por duas semanas, o impacto da obra praticamente deixará de existir”, acredita Marco Aurélio.(...) (...) Continuação nas páginas 10 e 11 do Jornal da Região da Almada 143, de 16 a 22 de Setembro de 2008

1 comentário:

MrJazzMan disse...

E o jornal da região em PDF não há?